17/05/2017 às 11h15min - Atualizada em 17/05/2017 às 11h15min

Programa habitacional de João Pessoa serve de modelo para outras cidades

Redação com Secom-JP
Foto: Cornélio Felipe


Com cerca de 4.112 moradias já entregues e outras 4.500 em construção, totalizando 8.612 unidades, o programa habitacional da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) é o maior da Paraíba nas últimas décadas. Esse modelo, inclusive, inspira outras gestões, como é o caso da cidade de Bayeux.
 
Na tarde desta terça-feira (16), uma equipe formada por engenheiro, arquitetos e técnicos, além do secretário de Planejamento de Bayeux, Ronaldo Luiz, visitou as obras do Novo Bairro São José, como o objetivo de que projeto similar seja implantado na cidade vizinha. A visita foi acompanhada pela secretária de Habitação de João Pessoa, Socorro Gadelha, e o adjunto, André Coelho.
 
"Estamos à disposição para apresentar os projetos da Prefeitura de João Pessoa na área de habitação, com todas as informações possíveis, no sentido de colaborar, também, com a cidade de Bayeux. Nossa política de habitação vem sendo desenvolvida com muita competência pelo prefeito Luciano", destacou Socorro Gadelha durante inspeções a obra.
 
O projeto do Novo São José irá beneficiar 1.340 pessoas que moravam na comunidade e sofriam com os riscos de alagamento e de queda da barreira. A obra – orçada em mais de R$ 26 milhões – teve início no ano passado e as 336 famílias devem receber seus apartamentos até o final deste ano.
 
O secretário da Prefeitura de Bayeux, Ronaldo Luiz, classificou como importantíssima a visita que, segundo ele, irá contribuir com projetos para sua cidade.
"Temos um déficit habitacional grande. Vejo que João Pessoa avançou nesse sentido, colocando em prática um programa dessa magnitude. A nossa intenção é de conhecer, não só esse, mas outros projetos da Prefeitura de João Pessoa, para tentar levar essa experiência para a nossa cidade", disse.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »