07/07/2020 às 20h09min - Atualizada em 07/07/2020 às 20h09min

Coronavírus: pesquisadores da UFPB alertam para possível nova onda de infecções em João Pessoa

Pesquisadores da UFPB, que integram o Comitê Cientifico Nordeste após pesquisarem as cinco cidades com maiores picos de crescimento de casos de Covid-19 na Paraíba, identificaram que o estado pode enfrentar uma segunda onda de infecção, denominada “efeito bumerangue”.

O motivo para o alerta se dá devido a interiorização do vírus em uma velocidade de contágio superior a identificada neste momento em João Pessoa, principal foco do novo coronavírus. A pesquisa foi baseada nas cidades de Sousa, Patos, Conde, Cajazeiras e Alagoa Grande. Somente o Conde integra a Região Metropolitana de João Pessoa.

“Os dados revelam que a interiorização da pandemia atingiu todo o Estado e múltiplas regiões interioranas. Este fato indica a possibilidade de que João Pessoa venha a sofrer com o efeito bumerangue, que teria o potencial de produzir uma enorme sobrecarga do sistema hospitalar da cidade”, revelam os pesquisadores do comitê.

Os especialistas Rafael Raimundo e Roberto Germano recomendam que adotem barreiras sanitárias, com rigor no controle de veículos e pessoas nas rodovias que ligam João Pessoa à Campina Grande e ao restante do interior do estado.
 
Vitória Borges
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »