15/08/2019 às 19h43min - Atualizada em 15/08/2019 às 19h43min

Lutador acende cigarro de maconha em treino aberto para o UFC: 'Preciso fumar'

Bahia Notícias
Foto: Evelyn Rodrigues / Combate.com
O lutador de MMA, Nate Díaz, roubou a cena durante o treino aberto do UFC 241, na noite desta quarta-feira (14), em Anaheim, nos Estados Unidos. Ele acendeu um cigarro de maconha e fumou antes de iniciar sua sessão para os fãs, no ginásio Honda Center. No sábado (17), o americano sobe no octógono para encarar o compatriota Anthony Pettis.

Nate Díaz foi o último a se apresentar e foi ovacionado ao acender o cigarro, que mais tarde foi repassado para alguns fãs que dividiram a droga. Um segurança do UFC confiscou o baseado. Vale destacar que a maconha é liberada para uso recreativo no estado da Califórnia, onde aconteceu o evento, mas apenas em ambientes particulares. O gesto de Nate foi reprovado pelo seu irmão, Nick, e por Dana White, presidente do UFC.

Na entrevista após sua apresentação no evento, Nate Díaz explicou a entrada inusitada.

"Eu preciso fumar maconha, mas só vou fumar depois da luta", declarou o lutador que em seguida foi questionado por um jornalista americano sobre o que se tratava o cigarro. "Era CBD, recomendado pelo meu nutricionista", respondeu.

CBD é uma propriedade da maconha utilizada para fins medicinais e sem efeitos psicoativos. Seu uso é permitido pela Agência Mundial Antidoping (da sigla em inglês, Wada).

Nate Díaz não faz um luta desde agosto de 2016. No evento desta quarta, Nate não treinou por muito tempo no Honda Center e após exibir alguns golpes de boxe se despediu da plateia e se dirigiu para as entrevistas.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você concorda com a redução da maioridade penal?

84.9%
15.1%