15/11/2019 às 06h25min - Atualizada em 15/11/2019 às 06h25min

Em protesto no Grammy Latino, cantora desfila com seios à mostra: 'Eles torturam, estupram e matam'

Extra.Globo
A cantora chilena Mon Laferte aproveitou sua passagem pelo tapete vermelho do Grammy Latino, em Las Vegas, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira, para protestar. Ela passou com os seios de fora com uma frase pintada no colo. "No Chile, eles torturam, estupram e matam", escreveu ela em espanhol.

Mon Lafert fez sua carreira musical no México, mas nasceu na cidade de Vinã Del Mar, no Chile. Em 2017, ela teve cinco indicações ao Grammy Latino.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na briga do PSB, quem pode ser considerado 'traidor'?

41.8%
58.2%