23/10/2019 às 11h10min - Atualizada em 23/10/2019 às 11h10min

'Cocô dia sim, dia não' de Bolsonaro vira tema de vestibular

Metrópoles
FOTO: RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES
Uma das tantas falas polêmicas do presidente Jair Bolsonaro (PSL) virou tema de questão em prova da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). A sugestão do chefe do Executivo de “fazer cocô dia sim, dia não” para diminuir a poluição ambiental foi confrontada no vestibular de verão da faculdade paranaense, realizado em outubro deste ano.

“É só você deixar de comer menos um pouquinho. Você fala para mim em poluição ambiental. É só você fazer cocô dia sim, dia não que melhora bastante a nossa vida também. Agora, o mundo, quando eu falei que cresce mais de 70 milhões por ano, precisa de uma política de planejamento familiar. Não é controle não”, diz trecho da questão.

O texto é atribuído à “autoridade pública” e não cita o presidente Jair Bolsonaro. A frase, contudo, foi retirada de entrevista à imprensa em agosto deste ano em meio à crise do meio ambiente que desgastou a imagem do Brasil no exterior.

Na prova, após o texto que traz a fala do presidente, segue a pergunta: “Qual a opção que contribui realmente com a preservação do meio ambiente?”.

reprodução

reprodução


O candidato que escolheu a terceira opção acertou. “Ampliação da coleta de tratamento do esgoto”, diz a letra C.

Entre as alternativas erradas estavam: a priorização da agropecuária extensiva; a criminalização de Organizações Não Governamentais (ONGs); a restrição da divulgação de dados relativos ao desmatamento; e a redução do efetivo de instituições ambientais que monitoram o impacto de atividades humanas.

Bolsonaro chegou a supor que ONGs estariam por trás do aumento do desmate e de queimadas na Amazônia.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »