09/03/2017 às 02h23min - Atualizada em 09/03/2017 às 02h23min

Restaurantes populares da capital servirão de experiência para projeto em estado vizinho

Secom-JP
Uma equipe técnica da área de segurança alimentar da cidade de Jaboatão dos Guararapes (PE) visita, nesta quinta (09) e sexta-feira (10) pela manhã, os restaurantes populares de João Pessoa - de Mangabeira e do Centro. O objetivo é avaliar a estrutura das unidades e a qualidade do serviço ofertado a população da Capital, para que projeto similar seja implantado na cidade pernambucana.
 
A equipe é composta por engenheiros, nutricionistas, além da diretora do Programa de Segurança Alimentar de Jaboatão dos Guararapes. Durante os dois dias, os profissionais estarão acompanhando o funcionamento dos restaurantes, desde o espaço físico, equipamentos, recursos humanos e o atendimento dos funcionários.
 
A diretora de Economia Solidária, Segurança Alimentar e Nutricional (Dessan) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Lúcia Silva, vai acompanhar as visitas e colaborar com as informações que sejam importantes para a troca de experiência entre as duas instituições. Ela destaca que os restaurantes populares de João Pessoa são referência em políticas de segurança alimentar.
 
"É a segunda vez que os restaurantes populares de João Pessoa são procurados por outros órgãos. Em janeiro passado recebemos uma equipe da Universidade Federal de Santa Catarina, que estava desenvolvendo pesquisa na área. As duas unidades mantidas pela prefeitura oferecem um grande serviço e dentro das normas de segurança alimentar do Governo Federal, o que torna o serviço referência", afirmou.
 
Restaurantes - Administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), o Restaurante Popular de Mangabeira e o Restaurante Popular da Lagoa atendem 2,4 mil pessoas todos os dias. O funcionamento é de segunda a sexta, das 11h às 13h30.
 
No cardápio, feijão, arroz, carnes e diversas guarnições como farinha, purê ou legumes. Além disso, a bandeja também acompanha a sobremesa (doce ou frutas) e suco. Cada refeição custa apenas R$ 1 ao usuário. O valor é complementado pela Prefeitura de João Pessoa.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »