01/03/2017 às 14h35min - Atualizada em 01/03/2017 às 14h35min

Presidente estadual do PT diz que candidatos a presidente temem enfrentar Lula

Nonato Guedes
Os Guedes
Por intermédio de redes sociais, o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Charliton Machado, advertiu contra manobras que objetivam impedir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República em 2018. De acordo com ele, o ex-presidente é o nome que mais cresce nas pesquisas entre os que são cogitados para disputar o Planalto. “Por causa disso, o PIG aposta exclusivamente na sua inelegibilidade para conter uma candidatura em 2018”, acentuou. PIG é como os petistas ortodoxos denominam a “imprensa golpista”, que teria procurado obstacular os governos de Lula e a administração de Dilma Rousseff.

O pensamento de Charliton Machado é compartilhado por outros expoentes do petismo na Paraíba, como o deputado estadual Frei Anastácio Ribeiro. Ele salientou que segmentos influentes da opinião pública ainda hoje não absorveram o impeachment de Dilma Rousseff porque não encontram motivação suficiente para a decretação da interrupção do mandato. Para Anastácio, a articulação a fim de retirar Dilma de cena partiu de agremiações políticas atualmente na oposição que têm dificuldades de ascender perante a opinião pública porque não possuem credibilidade para implantar mudanças exigidas.

O deputado Frei Anastácio disse que o governo do presidente Michel Temer “cada vez mais mostra seus tentáculos conservadores”, refletidos nas decisões que vem projetando e que implicam na retirada de direitos e prerrogativas dos integrantes das classes trabalhadoras. Ele acredita que haverá forte reação por parte de parte de setores organizados. “Não passarão impunemente os retrocessos idealizados pelo governo ilegítimo do senhor Michel Temer”, acrescentou ele.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »