04/12/2018 às 10h09min - Atualizada em 04/12/2018 às 10h09min

Atleta morre dois dias após ser atingida por hélice de bote salva-vidas

Ludmila Barbosa de Oliveira morreu nesta terça-feira Foto: Facebook/Reprodução
A triatleta Ludimilla Barbosa Oliveira, atingida por uma lancha do Corpo dos Bombeiros de Tocantins no último domingo, morreu na manhã desta terça-feira, segundo a Secretaria de Estado da Saúde. Devido à forte chuva, ela havia pedido que fosse retirada do lago, onde competia pela 6ª etapa do circuito estadual de Maratona Aquática do Tocantins.

Ludimila participava de uma maratona aquática em Palmas quando foi ferida pela hélice de um bote salva-vidas. Logo em seguida foi socorrida e levada para o Hospital Geral de Palmas (HGP).

Nas redes sociais, amigos e parentes faziam uma campanha para as pessoas doarem sangue, durante a internação da paciente. Confirmada sua morte, mensagens de saudades foram deixadas em seus perfis.

"Você, raio de luz que ilumina a tudo e todos por onde passa, quem diria minha amiga, que uma simples competição, coisa que você amava praticar lhe tiraria a vida. Mãe, amiga, companheira, esposa, profissional, e acima de tudo humana", afirmou uma amiga no Facebook. Com Extra.Globo

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Após a divulgação das conversas entre Moro e Dallagnol, você acredita na inocência do ex-presidente Lula?

47.8%
52.2%