24/01/2017 às 08h15min - Atualizada em 24/01/2017 às 08h15min

Homem é preso suspeito de estuprar a própria sobrinha de 9 anos

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude (DCCIJ), com o apoio da Delegacia da Infância e Juventude (DIJ) de Campina Grande, deu cumprimento ao mandado de prisão definitiva, expedido pela Câmara Criminal de João Pessoa em desfavor de Severino Diniz dos Santos, 50 anos. Ele foi condenado a 20 anos de reclusão pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra a própria sobrinha.

O crime foi denunciado em 2014. A menina de apenas 9 anos na época revelou a violência à mãe e as duas procuraram a Delegacia para denunciar o suspeito.

“Consta do inquérito policial da época que de forma reiterada o condenado praticou atos libidinosos com a vítima, como carícias na genitália e sexo anal. Os abusos sexuais tornaram-se cada vez mais frequentes, passando a fazer parte do cotidiano da criança, e só cessaram quando a menina teve coragem de denunciar os fatos”, disse a delegada Alba Abrantes.

A criança passou por exames que comprovaram a prática do abuso sexual e as informações repassadas por ela foram investigadas. Com as provas a polícia pediu à Justiça o mandado de prisão preventiva contra Severino. Foram realizadas várias buscas, mas ele conseguiu escapar. A prisão dele foi realizada em 2015 durante um levantamento policial que mostrou onde o suspeito estava escondido. Ele foi encontrado na casa do patrão na cidade de Campina Grande e encaminhado para o Presídio Serrotão para aguardar pela sentença.

Meses depois, o suspeito foi julgado e condenado, mas recorreu da sentença. Em 2016, a Justiça entendeu que ele deveria cumprir a pena de 20 anos de prisão em regime fechado por estupro de vulnerável. O mandado de prisão definitivo em desfavor do condenado foi entregue à polícia na quinta feira (19). Agora Severino Diniz dos Santos será transferido para o Presídio Padrão, onde estão recolhidos os presos condenados pela Justiça.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »