05/08/2017 às 22h49min - Atualizada em 05/08/2017 às 22h49min

Na despedida das pistas, Usain Bolt fica apenas em terceiro nos 100m rasos

Extra
Usain Bolt com o rosto desesperado após a prova Foto: PHIL NOBLE / REUTERS
A última prova individual de Usain Bolt no atletismo não correu como o esperado. Tricampeão olímpico na prova dos 100m rasos, o jamaicano foi superado por Justin Glatin. O americano cravou 9s92 e levou o ouro deixando Bolt e os torcedores do Estádio Olímpico de Londres boquiabertos.

Em segundo lugar ficou o também americano Christian Coleman, com o tempo de 9s94. Bolt ficou apenas com a terceira posição, com 9s95. O jamaicano buscava o seu quarto ouro no evento – ele venceu nos 100m em todas as edições do mundial desde 2009, menos em 2011 em Daegu, quando foi desclassificado por uma falsa largada.

- Não foi uma corrida perfeita, mas dei o meu melhor. Eu adoro vir aqui, em Londres, e sentir essa energia. Eu sabia que estava com problema na largada, mas tentei o máximo. É difícil prever o que vai acontecer no revezamento, mas espero estarmos prontos para vencer - disse Bolt ao canal Sportv.

Assim que terminou a disputa, a decepção ficou estampada no rosto. Mas, em seguida, o jamaicano não abriu mão de seu estilo carismático. Ele abriu um sorriso quando Gatlin, mesmo após vencer, curvou-se em uma reverência diante do tricampeão olímpico. Bolt cumprimentou os adversários e também deu a volta olímpica saudando o público em Londres, antes de abraçar seus pais.

O ídolo do atletismo ainda vai competir no revezamento 4x100m em Londres, na semana que vem, antes de largar de vez as pistas. Quando completar 31 anos, no próximo dia 21 de agosto, o jamaicano já estará definitivamente aposentado.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »