29/06/2022 às 14h58min - Atualizada em 29/06/2022 às 14h58min

Piquet pede desculpas por chamar Hamilton de 'neguinho'

Após uma série de críticas por conta do vídeo em que aparece usando um termo racista para se referir ao piloto Lewis Hamilton, Nelson Piquet divulgou uma nota oficial nesta quarta-feira (29/6) se retratando sobre o acontecido. No comunicado, o brasileiro afirmou que a palavra foi traduzida de forma incorreta.

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, Piquet se refere ao heptacampeão mundial de Fórmula 1 como “neguinho”, enquanto comentava o acidente entre o britânico e Max Verstappen no GP de Silverstone no ano passado.

Na nota, Piquet aponta para uma possível tradução errada do termo, apesar da entrevista ter sido em português para o jornalista Ricardo Oliveira. Ele ainda afirmou que não há mais espaço para a discriminação, não só na modalidade, como na sociedade como um todo.

Confira a nota na íntegra:

“Eu gostaria de esclarecer a história que tem circulado na mídia a respeito de um comentário que fiz em uma entrevista no ano passado. 

O que eu disse foi mal pensado, e não há defesa para isso. Mas gostaria de esclarecer que o termo usado é historicamente usado de forma coloquial no português brasileiro como um sinônimo de rapaz ou pessoa, mas sem a intenção de ofender. Eu nunca usaria a palavra da qual tenho sido acusado em algumas traduções. Condeno toda e qualquer sugestão de que a palavra que usei tenha sido direcionada de forma depreciativa ao piloto por causa da cor de pele dele. 

Peço desculpas de coração a todos que foram afetados, incluindo Lewis, um incrível piloto, mas a tradução em alguns veículos, agora circulando nas redes sociais, é incorreta. Não há lugar para discriminação na F1 ou na nossa sociedade, e estou contente em esclarecer o que quis dizer a esse respeito.”

A fala repercutiu no meio do automobilismo e foi criticada pela Federação Internacional de Automobilismo, pela Fórmula 1, pela Mercedes e outras entidades. Lewis Hamilton também veio a público se pronunciar sobre o ocorrido, e chamou o pensamento de “arcaico”, além de instigar uma mudança de mentalidade.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »