14/01/2022 às 06h34min - Atualizada em 14/01/2022 às 06h34min

Policial civil paraibano é executado a tiros na frente da família no Rio Grande do Norte

Foto: Reprodução
O ex-presidente da Associação dos Policiais Civis da Paraíba, o agente de investigação Sandro Roberto Bezerra, foi assassinado a tiros durante um assalto na noite dessa quinta-feira (13) na praia de Zumbi, no Rio Grande do Norte. Com MaisPB

Um grupo formado por cinco homens armados invadiu a casa onde a vítima estava com sua filha e esposa, roubou a arma de Sandro e atirou duas vezes contra ele, atingido o pescoço e o peito do policial.

O irmão ainda o socorreu para um hospital de Ceará Mirim, mas ele já chegou à unidade hospitalar morto.

Na fuga os bandidos roubaram um carro.

A Aspol emitiu nota lamentado a morte do ex-presidente e destacando sua dedicação à profissão.

“Sandro era um policial dedicado à profissão, trabalhou em várias delegacias da Paraíba e integrou, por quase 10 anos, a diretoria da ASPOLPB, ocupando em parte desse período o cargo de presidente”, diz trecho da nota.

Veja a nota da íntegra

NOTA DE PESAR

É com muito pesar que confirmamos a morte do Agente de Investigação Sandro Roberto, ex-presidente da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba – ASPOLPB, brutalmente assassinado na noite desta quinta-feira (13), no Rio Grande do Norte.

Sandro era um policial dedicado à profissão, trabalhou em várias delegacias da Paraíba e integrou, por quase 10 anos, a diretoria da ASPOLPB, ocupando em parte desse período o cargo de presidente.

A diretoria e todos os policiais civis da Paraíba lamentam profundamente a perda do colega que, de forma aguerrida, encabeçou várias lutas em prol da valorização dos policiais civis, sendo reconhecido por sua postura firme e comprometida.

Ao mesmo tempo em que desejamos força à família e aos amigos, reforçamos o empenho da Polícia da Paraíba em contribuir na elucidação do crime e prisão dos acusados.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »