08/06/2021 às 06h28min - Atualizada em 08/06/2021 às 06h28min

Cantor é condenado por plágio em mais de R$ 100 mil, diz colunista

O Dia
Foto: Reprodução
Lucas Lucco começou a semana com uma surpresa. O artista já havia sido absolvido no processo por plágio que enfrentou em 2015 mas, segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, Gabriel Banderas, que acusou o cantor de roubar sua letra, venceu a disputa após recorrer da decisão em primeira instância. O processo se refere ao refrão do sucesso “Mozão”, lançado por Lucco em 2014.

Com a nova sentença da Justiça, Lucas Lucco teve R$ 104,5 mil bloqueados de suas contas bancárias para indenizar Gabriel Banderas. O trecho que Banderas alega ter sido copiado é quando Lucco canta: “Momôzin, vamos fazer assim, eu cuido de você, você cuida de mim”, que se assemelha à canção de Gabriel “Eu cuido de você, você cuida de mim”.

Os desembargadores responsáveis pela reforma da sentença concluíram que houve violação de direitos autorais, classificando a infração de Lucco como “reprodução parcial indevida”. Foi levado em consideração o fato de que a canção de Banderas foi lançada em 2008, seis anos antes do hit “Mozão”, que já contabiliza mais de 120 milhões de visualizações no YouTube.

Segundo o desembargador Francisco Loureiro, “o fato de Lucas ter feito acréscimos na estrofe do autor, depois da repetição dos seus versos, não afasta o plágio”. Apesar de ter sido absolvido anteriormente, Lucco já havia sido condenado a pagar R$ 25 mil por danos morais, mas tentou entrar com recursos e, no fim, sairá pagando mais caro.

Lucas Lucco deverá indenizar Gabriel Banderas com R$ 104,5 mil, já incluindo honorários advocatícios. De acordo com o jornalista Peterson Renato, Banderas ainda tentou obter a coautoria da música, mas teve seu pedido negado sob a justificativa de que a reprodução ocorreu de forma parcial.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »