19/12/2018 às 16h04min - Atualizada em 19/12/2018 às 16h04min

MP entra com ação para suspender liminar que garantiu posse de Berg Lima

O procurador-geral de Justiça em exercício, Alcides Orlando de Moura Jansen, protocolou medida cautelar junto à Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) para suspender liminar do desembargador Marcos Cavalcanti que permitiu a Berg Lima reassumir a Prefeitura de Bayeux.

“A ordem e economia públicas, de um Município que vem passando por inúmeras incertezas jurídicas quanto à chefia de seu Poder Executivo – em decorrência de diversas decisões judiciais ocasionando uma verdadeira “dança das cadeiras” –, exigem que a execução da liminar recursal seja suspensa”, pontua o procurador em seu pedido.

Ele cita que uma decisão liminar recursal, de forma monocrática e às vésperas do recesso forense representa “nítido e inequívoco prejuízo à gestão da cidade”.

“Não é salutar para um Município que um prefeito condenado em  primeira instância por improbidade administrativa, a partir de provas cabais e incontestes do ilícito perpetrado em detrimento dos cofres públicos, retorne ao regular exercício de Chefe do Poder Executivo, após mais de 1 ano e 4 meses afastado do cargo”, avaliou.

Berg Lima reassumiu o comando da Prefeitura de Bayeux no início da tarde desta quarta-feira após o interino, Noquinha, ser notificado de decisão judicial.
MaisPB

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »