11/04/2017

VEJA VÍDEO - Policiais flagram casal desacordado e sem roupa dentro de veículo em via pública

Notícias

Desacordado dentro de um veículo e parcialmente sem roupa, um casal abordado por PMs foi filmado durante o procedimento e as imagens acabaram viralizando nos grupos de policiais do WhatsApp. O caso deve resultar em um processo de investigação conduzido pela corregedoria da corporação.

O vídeo foi feito na última semana, na região do Bosque, em São Sebastião, e envolveu uma viatura e dois militares do 21º Batalhão da PM, responsável pelo policiamento na cidade. Sorrindo e aparentemente constrangido, um deles, que filma a abordagem chega a comentar sobre a situação.

“Pois é, eu tava aqui no Bosque, o cara parou no meio da via e essa situação (sic). Vamos acordar as crianças”, comentou o militar, durante a filmagem.

Os policiais registram o interior do veículo, mostrando que os ocupantes deixaram celulares e o aparelho de som ligado. Em seguida, abrem a porta traseira do carro para acordar o casal. “Celular, som. Pessoal, vamos acordar aí! Parou o carro no meio da rua”, diz um militar, cutucando a mulher que está no banco traseiro. “Se recompõe, rapaz”, ordenou o outro policial.

Além do limite

O Metrópoles procurou um especialista em Segurança Pública para falar sobre as circunstâncias que envolveram a abordagem. De acordo com George Felipe de Lima Dantas, é comum policiais fazerem registros em vídeo durante as abordagens, mas o vazamento das imagens jamais deveria ter ocorrido.

Segundo ele, a situação mostra a falta de preparo dos profissionais. “Neste caso específico, envolvendo um casal desmaiado e sem roupa, os policiais não poderiam ter filmado a abordagem. Não sabemos quem jogou as imagens nas redes sociais, mas o resultado expõe os cidadãos em uma ocorrência simples, corriqueira”, explicou o especialista.

Procurada pela reportagem, a Polícia Militar esclareceu que a ocorrência foi resolvida no local. Além disso, informou que a abordagem ocorreu para orientar o casal sobre os riscos que corria. 
“A PMDF ainda apura a situação”, acrescentou a nota.

Link
Tags »
Assista também »
Comentários »