27/04/2020

VÍDEO: Presidente da Comissão de Saúde da Câmara realiza vistoria no Laboratório Municipal e constata descaso da gestão Berg Lima

Saúde

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Bayeux, Inaldo Andrade, realizou mais uma visita técnica e de fiscalização à Secretaria de Saúde, ao lado do Conselho Municipal de Saúde, onde deveria encontrar o secretário Gilliard Abrantes para, juntos, discutirem as estratégias de combate e enfrentamento ao Coronavírus, assim como está sendo feita a aplicação dos recursos destinados para essas ações no município.

De acordo com Inaldo, Gilliard não compareceu à reunião, apesar de agendada, o que causou revolta e indignação ao parlamentar.

“Isso mostra a falta de compromisso dessa gestão com a população da nossa cidade. Tínhamos uma reunião marcada para discutirmos a aplicação dos recursos destinados ao combate da Covid-19, mas ele justificou a falta por estar em outra reunião com o prefeito, é muito desrespeito”, disse o vereador.

Na oportunidade, Inaldo visitou as instalações do laboratório do município e encontrou o completo estado de caos instalado no local. No momento chovia e pôde-se constatar goteiras e infiltrações que deixaram o laboratório completamente alagado, tronando o trabalho absolutamente inviável.

“Estamos no laboratório do município e o que podemos ver aqui é descaso”, ressaltou.

O presidente do parlamento mirim bayeuxense, Jefferson Kita, afirmou que ainda não se vê ações concretas na cidade voltadas ao combate do Coronavírus. Para ele, as comissões de saúde e especial da Casa, em suas fiscalizações, viram até agora apenas muita pirotecnia por parte do prefeito Berg Lima, mas sem nenhuma efetividade.

Segundo Kita, se nenhuma providência for tomada pela gestão municipal, os casos de Covid-19 aumentarão e muitas vidas serão ceifadas na cidade por culpa do poder público.

“Os recursos já estão garantidos em conta e nenhum tipo de ação, como distribuição de máscaras, de álcool gel, instalação de pontos de higiene pessoal para lavar as mãos em locais com aglomeração, como o mercado público, ao contrário, o que vimos foi um circo sem eficiência alguma, como a tal barreira montada no último sábado, que não apresentou resultado prático algum para a população”, pontuou o presidente.

Para Kita, Berg Lima deveria utilizar a verba que tem disponível para o combate à Covid-19 na compra de respiradores e insumos e na aquisição de novos leitos para os pacientes acometidos pela doença. O temor é pela proximidade do período crítico, estabelecido pelo Ministério da Saúde, com as ascensão da curva epidemiológica e a completa ausência de uma política de saúde pública eficaz que proteja a população de uma desastre sanitário no município.
Link
Tags »
Assista também »