01/12/2018 às 18h30min - Atualizada em 01/12/2018 às 18h30min

Cabo da PM é brutalmente assassinado após discussão entre amigos

O cabo da Polícia Militar do Amazonas Heverton Pereira Freitas, de 36 anos, foi assassinado na manhã deste sábado (1º), no bairro São José III, na Zona Leste de Manaus. O militar, que estava de folga, ingeria bebidas alcoólicas com amigo e vizinhas, quando um homem que acompanhava o grupo esfaqueou o policial.

O crime ocorreu na rua 6, por volta das 7h30. Segundo a família do militar, cabo Freitas estava na casa de duas vizinhas acompanhado de um amigo e de outro homem que é conhecido das vizinhas.

O grupo ingeria bebidas alcoólicas desde madrugada. As duas mulheres relataram que houve uma discussão e o homem desferiu golpes de faca no policial. O PM foi atingido com oito facadas no peito e pescoço. Heverton Freitas morreu ao dar entrada no Hospital Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio.

 
“Ele estava bebendo com essas vizinhas em frente da nossa casa. Foram me avisar que tinha ferido meu filho, quando cheguei lá ele já estava caído. Eu e um amigo trouxemos ele para hospital ainda respirando, mas quando chegamos estava sem vida. Ele sempre frequentava a casa delas, mas não sei o que aconteceu”, relatou o pai da vítima, o vigilante Valdir de Souza Alves, de 57 anos.

A motivação do crime ainda é desconhecida até para Polícia Civil. As duas mulheres que presenciaram o assassinato foram levadas para Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para prestar esclarecimentos.

O suposto autor das facadas  seria um morador da mesma comunidade, mas que não reside na mesma rua onde o grupo estava. A polícia está coletando informações para identificar o suspeito. A Polícia Militar está com equipes nas ruas fazendo buscas para prendê-lo.

O policial militar era lotado na 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na capital. Com G1

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual a sua opinião sobre a decisão do TJ-PB em aplicar apenas medida protetiva ao prefeito de Sousa acusado de agredir a ex-namorada?

11.1%
88.9%