08/11/2018 às 11h10min - Atualizada em 08/11/2018 às 11h10min

Morre na Bica, aos 20 anos, o leão Sadan

Leão Sadan tinha 20 anos e há 14 estava na Bica (Foto: Amanda Gabriel/Portal Correio)
Morreu, na tarde dessa quarta-feira (7), no Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), em João Pessoa, o leão Sadan. Ele tinha 20 anos e há 14 integrava o grupo de espécies que vivem no parque.

De acordo com o diretor da Bica, Jair Azevedo, Sadan morreu enquanto era atendido por veterinários do parque e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O leão apresentava sintomas de falência dos rins desde o início da semana. Segundo Jair Azevedo, Sadan superou em cinco anos a expectativa de vida de leões.

“Notamos que Sadan estava com dificuldade de andar e urinando sangue, indícios de problemas nos rins. Fizemos o possível para salvá-lo. Uma equipe do Rio Grande do Norte veio para cá, trazendo equipamentos mais modernos. Uma ultrassom apontou que o estado de saúde dele já era grave. O leão foi medicado, mas não resistiu. Era realmente muito velho, já tinha vivido mais do que é esperado para a espécie dele”, explicou Jair.

Ainda conforme o diretor da Bica, Sadan chegou ao parque em 2004, aos seis anos, após ser resgatado de um circo no Ceará. Com a morte de Sadan, a leoa Leona, de nove anos, fica sozinha. A administração do parque já entrou em contato com outros zoológicos para tentar encontrar um outro leão para fazer companhia a ela.

 
“É um pouco difícil porque a maioria dos zoológicos só têm um casal e não é permitida a reprodução entre eles. Mas já procuramos lugares com leões excedentes e acreditamos que haverá resposta até o final da semana”, completou Jair Azevedo.
 
Portalcorreio

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual a sua opinião sobre a decisão do TJ-PB em aplicar apenas medida protetiva ao prefeito de Sousa acusado de agredir a ex-namorada?

17.2%
82.8%