06/11/2018 às 21h00min - Atualizada em 06/11/2018 às 21h00min

SBT resgata slogan da ditadura e veta propaganda após repercussão negativa

O Dia Online

O SBT veiculou, nesta terça-feira, uma série de propagandas enaltecendo o Brasil, que causaram indignação entre internautas. Um dos anúncios tinha o hino nacional tocado ao fundo e o slogan "Brasil: ame-o ou deixe-o!" regatando a famosa frase nacionalista divulgada durante o período mais rígido da ditadura militar, o governo do general Médici (1969-1974). Diante da má repercussão da propaganda com o público, a emissora decidiu retirar a peça do ar.

Mais quatro vinhetas foram veiculadas e, em todas, a bandeira do Brasil aparece junto a pontos turísticos do país, entre eles o Cristo Redentor, o Museu de Arte de São Paulo, a Avenida Paulista, as Cataratas do Iguaçu e igrejas coloniais. A música e a chamada da propaganda também mudam durante a exibição. Foram divulgadas chamadas como "Brasil, terra adorada", Brasil, pátria amada" e "Brasil de mil cantos" com trechos do Hino da Bandeira, da Independência e a música "Pra Frente Brasil", que também foi utilizada durante o regime militar.

Segundo o colunista Mauricio Stycer, do portal Uol, as propagandas estavam sendo exibidas desde o fim da manhã, com produção do SBT e autorização de Silvio Santos. A reportagem de O DIA procurou a assessoria da emissora, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. Confira o vídeo abaixo:

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião o país vai melhorar no governo Bolsonaro?

57.0%
35.0%
8.0%