27/10/2018 às 23h40min - Atualizada em 27/10/2018 às 23h40min

TSE inicia investigação sobre suposto abuso de poder político e econômico do Governo da Paraíba a Fernando Haddad

O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), abriu investigação para apurar se o governo da Paraíba prestou apoio de forma irregular ao candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad. O pedido foi feito pela campanha de seu adversário da disputa, Jair Bolsonaro (PSL), que apontou a ocorrência de abuso de poder político, econômico e de mídia. Os advogados de Bolsonaro pedem que, ao fim do processo, Haddad e sua vice, Manuela D’Ávila (PCdoB), sejam considerados inelegíveis por oito anos e tenham seus registros de candidatura ou diplomas (no caso de serem eleitos) cassados.

A defesa do candidato do PSL alegou que o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), tem prestado “apoio contundente ao primeiro investigado (Fernando Haddad), juntamento com todo seu staff e toda a estrutura política e administrativa” do governo estadual. Isso teria ocorrido de formas diferentes.
 O Globo

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o governador Ricardo Coutinho deve deixar o governo para ser candidato a Senador?

67.5%
32.5%