27/10/2018 às 23h31min - Atualizada em 27/10/2018 às 23h31min

Atrizes Lucinha Lins e Virgínia Rosa se impressionam com beleza das obras no Celeiro Espaço Criativo

Foto: Kleide Teixeira
Na manhã deste sábado (27), as atrizes Lucinha Lins e Virgínia Rosa conheceram o Celeiro Espaço Criativo. Após alguns anos, as artistas retornaram à Capital para a apresentação do espetáculo “Palavra de Mulher” e ficaram impressionadas com a beleza das obras expostas no espaço administrado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Atualmente, o local reúne o trabalho de mais de 200 artistas paraibanos e contém mais de 500 obras expostas entre xilogravuras, pinturas, crochês, cerâmica, fibras, tecidos e outros artigos.

“Sempre temos as horas contadas quando viajamos a trabalho, então, quando conseguimos uma chance de olhar a cidade e conhecer algo cultural, é um privilégio. O Celeiro é lindo, um lugar para ser frequentado por todo mundo, trazer as crianças sempre principalmente, para que elas comecem a se habituar com a arte do nosso País. Um verdadeiro luxo o lugar e eu já soube que daqui a alguns dias muda tudo, com novos trabalhos inclusive. Dá vontade de pegar um avião e voltar correndo para conferir. Lamento que meu marido, Cláudio Tovar, que é artista plástico, não está aqui comigo conhecendo a beleza desses trabalhos”, ressaltou a atriz Lucinha Lins.

Com uma mistura de tendências e estilos diferenciados, neste mês de outubro, o salão principal expõe obras de grandes nomes da arte paraibana, como Raul Córdula, Rodrigues Lima, Adriano Barreto, Roncalli Dantas, Cristina Carvalho, Davi Queiroz, Raíssa Herculano, Maria Lúcia, Fábio Smith, Gina Dantas, Lili Brasileiro, entre outros. “No Celeiro, as exposições são periódicas, dando oportunidade e visibilidade ao maior número de artistas possível e proporcionando novas opções de decoração em ambientes variados para os visitantes”, explica Lúcia França, curadora do Celeiro Espaço Criativo.

Uma novidade deste mês de outubro no Celeiro foi a exposição dos trabalhos produzidos por alunos da rede Municipal de Ensino, por meio de uma parceria com a Secretaria de Educação e Cultura (Sedec). “Os professores coordenaram a produção de livros com os alunos em sala de aula e o resultado está sendo exposto desde o início do mês das crianças. Os visitantes ficam encantados com os livros confeccionados no projeto, que estão sendo expostos no nosso Espaço Kids”, explica Lúcia Franca. Outro destaque desse ciclo é a exposição “Livro-Objeto”, organizada pela artista Plástica Maria dos Mares e pelos professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Amélia Panet e Ricardo Lucena.

“É fantástico conhecer as belezas locais, principalmente as artes. Hoje, tivemos esse tempo e estou achando tudo lindo no Celeiro. Ver o artesanato, por vezes estigmatizado em um nível inferior, sendo valorizado de um modo tão rico e luxuoso é impressionante. Sem contar que esses artesãos trabalham com materiais inusitados e o resultado é perfeito. Assim que entrei, fiz questão de já ir fotografando tudo, para por nas minhas redes sociais e mostrar o trabalho desses grandes artistas. É extremamente importante essa troca cultural, conhecer as nossas essências e valorizar o que é nosso. A cidade está de parabéns por isso”, ressaltou a atriz Virgínia Rosa.

Após tanto tempo sem visitar João Pessoa, a atriz Lucinha Lins ressaltou o impacto do retorno. “Já fazia 35 anos que não vinha aqui e é outra cidade! A cidade que tinha na memória era bem pequena e hoje é muito grande, com belas avenidas arborizadas e limpíssimas. Isso sem contar a gastronomia maravilhosa do lugar, o clima quente e arejado ao mesmo tempo e o povo extremamente acolhedor”, destacou.

Turismo – Após a visita ao Celeiro Espaço Criativo, as atrizes foram conhecer também o Residencial Villa Sanhauá, no Centro Histórico. Acompanhadas do secretário adjunto de Habitação, André Coelho, as artistas tiveram a oportunidade de conferir de perto a revitalização de uma área que conheceram anos atrás e atualmente está recebendo intervenções constantes da PMJP.

Serviço – O Celeiro Espaço Criativo funciona todos os dias da semana, inclusive domingos e feriados. De segunda à sexta-feira, funciona das 9h às 19h e, aos sábados e domingos, das 10h às 18h.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »