18/02/2017 às 06h57min - Atualizada em 18/02/2017 às 06h57min

Aliados de Ricardo, Deputados brigam pelo comando da CCJ da ALPB

ClickPB
Walla Santos
Depois da definição dos membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) na tarde dessa quinta-feira (16), dois deputados travam agora queda de braço pelo comando da comissão na Casa. 

De um lado está o deputado estadual Trocolli Júnior (Pros), que já fazia parte da CCJ e agora voltou a ser indicado como membro. “Além de mim, apareceram outras pessoas interessadas pela presidência. Eu quero dizer que não tenho nenhuma dificuldade para resolver esta questão da Comissão de Justiça e que vou seguir a orientação do presidente da Casa, o deputado Gervásio Maia”, disse Trocolli.

Do outro lado da disputa está o deputado Anísio Maia (PT), que alegou não está havendo crise e nem problemas em relação ao assunto. “Eu já disse que não vou brigar para isso, estou muito tranquilo. E vou chamar a base do governo, que são cinco deputados, para um restaurante bem tranquilo e vamos chegar a uma conclusão”, ressaltou. 

O presidente da Assembleia, o deputado Gérvásio Maia (PSB) informou que as outras comissões da Casa já foram definidas, faltando apenas ocorrer as eleições para a presidência de cada uma. “Mas até semana que vem, tudo já estará devidamente resolvido”, explicou. 

Sobre uma conciliação entre Trocolli e Anísio, Gervásio disse que a CCJ é a comissão mais cobiçada da Casa e essa disputa dos deputados é normal. “Qual o deputado que não tem o desejo de presidir a CCJ? Eu pelo menos tive ao longo de todos esses anos a vontade de presidir a CCJ, e nunca consegui. A Comissão de Justiça é a mais procurada, disputada, mas, isso é um assunto para ser resolvido entre os sete membros”, finalizou o presidente. 

Além dos deputados Trocolli Júnior e Anísio Maia, a deputada Estela Bezerra (PSB) e o deputado Edmilson Soares (PSB) também foram escolhidos para compor a CCJ.  Os nomes ainda serão apresentados formalmente à Secretaria Administrativa da ALPB.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »