30/09/2018 às 08h25min - Atualizada em 30/09/2018 às 08h25min

VÍDEO: Bolsonaro ouve gritos de 'lixo' e 'fascista' em voo após receber alta

Isto É
Após receber alta do Hospital Albert Einstein, o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) embarcou no início da tarde deste sábado (29) em um avião comercial com destino ao Rio de Janeiro.  Durante o voo,  alguns manifestantes gritavam “presidente” e “mito”, além de o aplaudirem. Em resposta, receberam gritos de “fascista” e “lixo” de outros passageiros que vaiaram o candidato.

Duas pessoas se retiraram do voo: uma por achar que o avião não teria segurança, citando a morte do ex-governador pernambucano Eduardo Campos durante a campanha eleitoral de 2014, e outra por não gostar do candidato.

O voo registrou um atraso de cerca de 20 minutos na decolagem por causa da presença de Bolsonaro. Segundo passageiros, o candidato foi o último a entrar no avião da companhia Gol e o primeiro a sair. Carros com agentes da Polícia Federal esperavam o candidato ainda no pista de desembarque do aeroporto.

Bolsonaro ficou na primeira cadeira, poltrona 1A, cercado de policiais federais que fazem a sua escolta. Os agentes também se espalharam pelo avião e bloqueavam quem passava perto da fileira de Bolsonaro. Os policiais também acompanhavam os passageiros que queriam ir ao banheiro até a porta. Devido ao ambiente tenso, funcionários da empresa aérea pediam calma a todo momento. Bolsonaro chegou a se virar uma vez e acenou para outros passageiros.

Segundo o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, Bolsonaro estava um pouco “ofegante”. O único filho que acompanhou a comitiva foi o vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSL).
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »