28/09/2018 às 06h27min - Atualizada em 28/09/2018 às 06h27min

Pescadores encontrados mortos em praia foram assassinados a tiros e pauladas

PB HOJE
Foto: Reprodução/PB HOJE
A Polícia Civil da Paraíba investiga a possibilidade de os dois pescadores encontrados mortos nesta quarta-feira (26) na Praia do Amor, no Conde, tenham sido assassinados. Os dois corpos apresentavam muitos machucados e um deles tinha marcas de tiros, de acordo com Cristiane Freire, chefe do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol).

Cristiane destacou que, de acordo com a análise inicial, os pescadores sofreram pancadas e “apanharam para morrer”. Um deles faleceu devido ao traumatismo craniano provocado pelas pancadas. Enquanto que o outro morreu em decorrência dos tiros.

Uma das hipóteses levantadas é que os dois homens tenham sido vítimas de um latrocínio, que é o roubo seguido de morte. De acordo com análise inicial da perícia, os dois homens teriam sido atingidos por pauladas.

De acordo com Amanda Melo, perita criminal, as lesões contundentes apontam para o crime. O pescador identificado como Severino tinha três marcas provocadas por projéteis de arma de fogo, além de lesões na cabeça. Já a segunda vítima, identificada como Wellington, tinha diversas lesões na cabeça.

O laudo ainda não foi concluído. A Polícia Civil continua as investigações para identificar a autoria do crime e ter certeza da motivação.

Na manhã de ontem os corpos dos dois homens foram encontrados por outros pescadores na Praia do Amor. Inicialmente foi levantada a hipótese de que eles teriam se afogado.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »