01/09/2018 às 23h15min - Atualizada em 01/09/2018 às 23h15min

Ministério Público dá parecer pela permanência de Fabiano Gomes na prisão

O Ministério Público Estadual, através do promotor de justiça, Otávio Paulo Neto, negou ontem (31), o pedido da relaxamento da prisão do radialista Fabiano Gomes, solicitada pela defesa do comunicador. Segundo reportagem do portal Polêmica Paraíba, os advogados de Fabiano aguardam a decisão do desembargador João Benedito sobre o pedido.

Fabiano está preso desde o dia 22 de agosto por descumprir uma medida. Ele é alvo da Operação Xeque-Mate, que investiga a suposta compra do mandato do ex-prefeito de Cabedelo, Luceninha, pelo prefeito afastado Leto Viana e pelo empresário Roberto Santiago. Segundo denúncia do MP, Fabiano seria um dos articuladores da operação.

A defesa do radialista alega que Fabiano Gomes não se esquivou, em nenhum momento, de cumprir as medidas cautelares a ele aplicadas, tendo inclusive se apresentado espontaneamente ao Ministério Público para prestar as declarações no início da operação e que ele vem cumprido as medidas rigorosamente. Os advogados reiteram que o comunicador está sob efeito de medicamentos controlados e, por isso, esqueceu a data da audiência.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »