17/06/2018 às 10h24min - Atualizada em 17/06/2018 às 10h24min

Dupla manda aviso por WhatsApp para vítimas após assalto: ‘Voltaremos’

G1
Foto: Reprodução
Uma loja de serviços de internet foi assaltada em Guarujá, no litoral de São Paulo, na última quinta-feira (14). De acordo com uma funcionária, que preferiu não se identificar, os bandidos levaram notebooks que estavam logados às redes sociais e ao WhatsApp das vítimas, e por meio do aplicativo de mensagens e do Facebook, fizeram diversas ameaças, inclusive afirmando que vão voltar.

A loja fica na Rua Marcos Antônio Oggiano, no bairro Morrinhos, e era cedo quando um dos assaltantes invadiu o local. “As meninas estavam trabalhando normalmente, e quando ele entrou, acharam que era mais um cliente. Perguntaram se poderiam ajudar, e foi então que ele anunciou o assalto, com uma arma em mãos”, conta a funcionária.

Como o estabelecimento não trabalha com dinheiro, e os funcionários apenas emitem boletos, fazem a contratação dos serviços e realizam a assistência técnica, após anunciar o assalto, o homem começou a colocar aparelhos eletrônicos dentro de uma mochila. Em seguida, o assaltante sai da loja e, na porta, segundo testemunhas, um segundo suspeito o aguardava em uma moto. Os dois fugiram.

 
“Ele levou os notebooks, e as máquinas estavam logadas a todas as redes sociais e ao WhatsApp das meninas. Eles começaram a ameaçar elas por lá, usando as contas delas, dizendo que iam voltar, porque elas não tinham passado a senha para desbloquear os celulares. Falaram com familiares das meninas para tentar descobrir a senha e tudo, mas elas conseguiram avisá-los”, explica.

A funcionária explica que as vítimas, depois de receberem as ameaças, conseguiram bloquear os acessos às redes sociais e aplicativos de mensagens nesses dispositivos, e bloquearam os celulares. As duas funcionárias que aparecem no vídeo estão afastadas, mas devem voltar ao trabalho na segunda-feira (18). “Elas estão muito abaladas, estão tendo até pesadelos com isso”.

A loja ainda não fez boletim de ocorrência, mas deverá fazer o registro assim que conseguir os documentos dos aparelhos eletrônicos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »