12/06/2018 às 06h33min - Atualizada em 12/06/2018 às 06h33min

Suspeitos de assaltos são espancados por mais de cinquenta pessoas após esfaquearem criança de 10 anos

Em Tempo
Foto: Reprodução
Dois jovens, um de 22 anos e outro de 20 anos, acusados de assaltar uma criança de 10 anos e esfaqueá-la para roubar um celular, foram agarrados e espancados por mais de 50 populares. Um dos ladrões chegou a pular na água, mas perseguido por homens em embarcações. O caso ocorreu no município de Parintins, no Amazonas.

De acordo com o portal Em Tempo, os assaltantes foram identificados como Pablo Hiago Rodrigues, de 22 anos, e Thárcio Oliveira Almeida, de 20 anos. Pablo teria esfaqueado a criança, o que gerou revolta em populares, que começaram a perseguir os criminosos com pedaços de pau.

A dupla ainda tentou fugir em uma motocicleta, mas abandonou o veículo ao ver a grande quantidade de pessoas que os perseguiam. Eles escalaram muros de residência, e Thárcio foi detido a alguns quarteirões do local onde foi cometido o crime. Já Pablo pulou em um lago, mas foi perseguido por embarcações e começou a ser espancado dentro de um lago.

Quando conseguiu sair da água, já bastante ferido, Pablo tentou se esconder na casa de um comerciante, onde continuou a ser espancado por mais de 50 pessoas, de acordo com a Polícia Militar.

O assaltante só não foi morto porque uma guarnição da PM chegou ao local do espancamento e resgatou o criminoso. Ele foi encaminhado para um hospital, onde segue internado sob escolta policial. O estado de saúde dele é considerado estável.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »