20/04/2018 às 08h43min - Atualizada em 20/04/2018 às 08h43min

Homem é preso suspeito de executar a tiros empresário em João Pessoa; suspeito nega o crime

Redação com T5
A Delegacia de Roubos e Furtos da Polícia Civil da Paraíba prendeu na tarde desta quinta-feira (19) um homem suspeito de assassinar um empresário de 77 anos em novembro do ano passado, em João Pessoa.

O empresário do ramo de construção civil Arnóbio Ferreira Nunes foi morto na manhã do dia 24 de novembro de 2017 no bairro de Manaíra, na capital. Ele havia acabado de chegar em um estabelecimento em um carro com motorista. Assim que desceu do veículo, o idoso foi abordado por um homem de moto e executado a tiros.

Na época, o filho da vítima revelou acreditar que seu pai teria sido assassinado a mando de terceiros. “Meu pai confiava muito [nas outras pessoas] e já não escutava bem. O cara sabia tanto da situação dele que chegou sozinho e foi direto em cima do meu pai, porque sabia que ele não tinha nenhum tipo de reação”, disse.

De acordo com o delegado Aldroville Grisi, a localização do suspeito foi feita através de um levantamento de imagens de câmera de segurança pela polícia, aliado a denúncias realizadas pelo telefone 197.

 
“Ele não reagiu. Nós estamos averiguando seus antecedentes criminais, mas tudo indica que ele não possui. Nós vamos interrogá-lo, mas sabemos que ele é o executor, temos provas irrefutáveis disso. Ele já trabalhou na vigilância privada em João Pessoa, informalmente, e atualmente trabalha com serviços gerais”, completou Grisi.

O rapaz foi encaminhado para a Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel. Ele responderá pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) e vai passar pela audiência de custódia nesta sexta-feira (20).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »