12/04/2018 às 15h03min - Atualizada em 12/04/2018 às 15h03min

Pastor evangélico é preso por pedir fotos íntimas de fiéis pelo WhatsApp

G1
Um pastor evangélico foi preso preventivamente suspeito de pedofilia na noite de domingo (8) em Balneário Camboriú, no Litoral Norte. Segundo a Polícia Civil, a prisão foi expedida pela Justiça de Goiás.

A prisão ocorreu quando ele chegava para presidir um culto no Centro do município. O nome do pastor, o sexo e a idade da vítima não foram divulgados pela polícia.

Conforme os policiais, o pastor se utilizava da posição de religioso para manter conversas de cunho sexual e pornográfico por WhatsApp com a vítima e convencê-la a enviar fotos e vídeos sob o pretexto de que a curaria de uma maldição.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »