20/03/2018 às 08h17min - Atualizada em 20/03/2018 às 08h17min

Relacionamento entre Luciano Cartaxo e Ricardo Coutinho 'já passou até da fase do namoro', diz tucano

Blog do Gordinho
Pelo menos dois episódios ocorridos nos últimos tempos mostram, na opinião do prefeito de Guarabira Zenóbio Toscano (PSDB), um relacionamento entre o prefeito Luciano Cartaxo (PV) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) que “já passou até da fase do namoro”. Em entrevista a um programa de rádio nesta segunda-feira (19), Zenóbio não quis “botar terra” numa possível composição do PSDB com os irmãos Cartaxo, mas questionou os motivos que os levaram a deixar o PSD do deputado Rômulo Gouveia.

Provocado sobre a possibilidade de Lucélio encabeçar a chapa ao governo – tese defendida esta manhã pelo secretário de Articulação Política de João Pessoa, Zennedy Bezerra – Zenóbio questionou: “Não vejo dificuldade dele ou de qualquer outro que esteja com disposição de fazer oposição ao governo do Estado. Agora, na hora que Luciano deixa o PSD (…) para ir para outro partido, fica a interrogação: ele foi com que objetivo?”.

Para o tucano, não só este episódio, mas o cancelamento da coletiva convocada por vereadores de oposição há cerca de um mês, também demonstram uma aproximação de Cartaxo com Ricardo Coutinho.

 
“Na minha avaliação já existia a algum tempo um namoro entre Ricardo e Luciano. Nós temos sinalização nesse sentido. Para mim estava muito claro isso. Aliás, já tinha passado até da fase do namoro (…) Um exemplo disso é a coletiva que ia existir dos vereadores – ‘uma bomba’, disseram – e que foi suspensa em cima da hora, abortada por um vereador do PSB. A mando de quem?”, indagou.

Zenóbio preferiu não tornar pública a sua preferência para a composição do PSDB nestas eleições e defendeu que o partido converse com outras legendas sem imposição, com o objetivo de formar uma chapa competitiva.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »