17/03/2018 às 09h01min - Atualizada em 17/03/2018 às 09h01min

Policial suspeito de matar sargento vai responder em liberdade

Paraiba.com.br
Foto: Reprodução
O sargento da PM suspeito de matar um companheiro de farda na madrugada da última quinta-feria (15), passou pela audiência de custódia nesta sexta-feira (16). O Sargento Lira foi liberado e deve responder o processo em liberdade. Ele estava recolhido no 1º Batalhão da Polícia Militar.

A defesa dele alegou que o disparo que tirou a vida do também sargento José Lúcio Júnior, 32 anos, foi acidental. Há informação de que o autor do crime estaria embriagado.

De acordo com o coronel Ronildo, o sargento acusado já foi acolhido pelo Serviço Social da polícia pelo uso de bebida alcoólica, "Ele foi internado, mas após tratamento foi liberado e estava apto para o curso de aperfeiçoamento", disse.

Último adeus

O sepultamento do sargento José Lúcio ocorreu, na tarde desta sexta, na cidade Campina Grande, agreste do estado. A comoção tomou conta de colegas amigos e familiares, que acreditam que o tiro não foi acidental.

O sargento foi enterrado no cemitério São José, no bairro do José Pinheiro.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »