16/03/2018 às 07h28min - Atualizada em 16/03/2018 às 07h28min

Duas semanas após sofrer AVC, Marcelinho Paraíba volta aos treinos

Globo Esporte
Marcelinho Paraíba, ao lado do preparador físico Renan Barros, do Treze (Foto: Ramon Smith / Treze)
Exatamente 15 dias depois de ter sofrido um AVC isquêmico, o meia Marcelinho Paraíba voltou aos treinos na tarde desta quinta-feira. Enquanto seus companheiros de Treze trabalharam pela manhã, o experiente jogador foi para o gramado do Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, para ser avaliado por Renan Barros, que é um dos preparadores físicos do clube. O retorno de Marcelinho aos trabalhos físicos aconteceu bem antes da previsão médica, que recomendou que o atleta ficasse 30 dias afastado do futebol.

Marcelinho esteve em repouso absoluto desde o dia 1º de março, quando sofreu o AVC, quando estava em casa. Ele ficou 10 dias internado e saiu do hospital com a recomendação médica de 10 dias de sem esforço muscular e 30 dias de atestado. De acordo com o preparador físico do Treze, o período parado fez com que o jogador necessitasse passar por uma completa readaptação física. Até ser reintegrado de vez aos trabalhos junto com o elenco alvinegro, o meia ainda passará por um processo especial de treinamento.

- Nós submetemos o atleta a um treino avaliativo, que consistiu numa atividade bem leve. Ele deu alguns trotes em torno do gramado, sempre com nosso acompanhamento, aferindo pressão arterial, frequência cardíaca e sentindo as reações do jogador aos estímulos. Agora, mais do que nunca, é preciso paciência para recondicioná-lo. É um processo lento e que inspira muito cuidado - esclareceu Renan.

Marcelinho Paraíba - que já vestiu as camisas da seleção brasileira e de grandes clubes Brasil afora, como Grêmio, São Paulo e Flamengo - vive o que deve ser o último ano da sua carreira. A pouco mais de dois meses de completar 43 anos, o meia ainda planeja disputar a final do Campeonato Paraibano deste ano, mas, para isso ainda torce para o Treze chegar lá. O time de Campina Grande está na semifinal do estadual e, mesmo que avance para a decisão, os jogos vão acontecer nos dias 4 e 8 de abril, período ainda dentro do prazo estipulado pelos médicos para o jogador seguir ainda sem jogar futebol.

Nesse seu retorno ao futebol paraibano, o meia - que é ídolo do Hertha Berlim, da Alemanha -, só ficou à disposição para reestrear pelo Treze com a temporada já em andamento. Antes de sofrer o AVC, ele atuou em seis partidas: quatro pelo Campeonato Paraibano e duas pela Copa do Nordeste.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »