06/03/2018 às 06h43min - Atualizada em 06/03/2018 às 06h43min

Prefeito Luiz Antônio pede fim de 'guerra-fria' em Bayeux

MaisPB
Foto: Reprodução
O prefeito interino de Bayeux, Luiz Antônio, sugeriu uma trégua com a oposição para acabar a “guerra fria” na cidade.

Em entrevista ao jornalista Heron Cid, no programa Frente a Frente, da TV Arapuan, na noite desta segunda-feira (5), o gestor comentou os processos que enfrenta na Câmara de Vereadores e atribuiu ao PSB local o levantamento de fomentos para tentar lhe atingir.

 
“Existe um fomento muito ruim em cima da nossa gestão. Isso só faz mal ao nosso povo. Isso tem que acabar. Essa guerra fria na cidade tem que acabar. Peço aos vereadores que olhem para frente.  Ajudem o Executivo a fazer uma boa gestão e apontem os defeitos na cidade e como iremos corrigir”, argumentou.

De acordo com Luiz Antônio, um mesmo processo já foi apresentado contra ele na Câmara por três vezes e uma das denúncias já foi arquivada.

Para ele, um pequeno grupo na Câmara liderado por um vereador do PSB tem tentado a todo custo trazer estabilidade ao governo.

 
“Levando mentiras e calúnias. Desde que assumi o mandato que a oposição fala que não vamos pagar salários. Fomos a terceiras cidade da região metropolitana a pagar o décimo terceiro”, alegou.

Ainda durante a entrevista, o prefeito se queixou de falta de atenção do Governo do Estado com a cidade. Ele contou que já tentou audiência com o governador Ricardo Coutinho mas não conseguiu.
 
“Mesmo assim temos feito a nossa parte. Na área de segurança nós custeamos algumas bases na Polícia Militar como a sede da Companhia que funciona em um prédio da Prefeitura”, destacou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »