05/03/2018 às 10h42min - Atualizada em 05/03/2018 às 10h42min

Idosa passa duas semanas com cadáver de seu marido em apartamento

O Dia Online
Foto: Ilustrativa
Uma idosa conviveu duas semanas com o cadáver de seu marido em decomposição, até a polícia finalmente encontrá-lo, no apartamento onde viviam na costa de Montevidéu, informou neste sábado o Canal 10.

Segundo a emissora, a polícia atendeu a um chamado de emergência de vizinhos de um apartamento do bairro costeiro de Pocitos, onde uma idosa pedia, pela janela, ajuda para sair. Ela alegava que não tinha as chaves e seu marido não estava em casa.

Os policiais sentiram um forte odor putrefato e, como não puderam entrar, chamaram os bombeiros para abrir a porta blindada. Lá, encontraram a mulher e, ao seu lado, o cadáver de seu marido em estado avançado de decomposição. Os vizinhos garantiram que não o viam há pelo menos oito dias.

Segundo autoridades policiais, o homem estaria morto há cerca de duas semanas e a idosa sofre de demência senil e Mal de Alzheimer.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »