27/11/2017 às 11h13min - Atualizada em 27/11/2017 às 11h13min

Prefeito de Bayeux acusa oposição de requentar notícias com o objetivo de prejudicar investigação

Blog do Gordinho
Foto: Ilustrativa
O prefeito interino de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), negou relação de amizade com o empresário João Paulino, responsável pelas denúncias que levaram o prefeito Berg Lima à prisão. Esta informação está no depoimento do empresário ao Ministério Público da Paraíba, cujo vídeo foi exibido com exclusividade pela Jovem Pan João Pessoa nesta segunda-feira (27). Para o tucano, a divulgação do depoimento é uma tentativa da oposição de requentar notícias com o objetivo de prejudicar as investigações.
 
“A cidade é muito pequena, todo mundo se conhece, mas relação de amizade não há (…) Algumas pessoas estão querendo requentar notícia para fazer matéria para o STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas a gente está tranquilo. Estão publicizando inverdades, levantando coisas no sentido de prejudicar as investigações. Eu não consigo ver outro objetivo quanto a isso”, disse o prefeito Luiz Antônio.

No depoimento, Paulino afirma conhecer Luiz Antônio há mais de 20 anos e afirma ter pedido ao atual prefeito que intercedesse por ele na liberação dos pagamentos. O empresário também afirma ter sido orientado por Luiz Antônio a procurar a polícia.

O advogado do tucano, Fábio Andrade, confirmou a informação do empresário, de que Luiz Antônio teria levado o empresário à delegacia para denunciar as supostas tentativas de extorsão de Berg e disse que o vídeo revelado hoje tem problema de enfoque e que não há nada que comprometa Luiz Antônio. “Quem revelou essa verdade ao Ministério Público não foi o empresário, foi Luiz Antônio. Ele prestou depoimento no dia 1º de dezembro e disse claramente que foi procurado pelo empresário com as denúncias. Ele como vice-prefeito tinha por obrigação orientar o empresário a procurar a polícia e o MP”, disse o advogado.

Luiz Antônio, que está no Rio de Janeiro conhecendo experiências de hospitais públicos, disse que está tranquilo em relação ao andamento das investigações.

 
“Estou trabalhando, não tenho preocupação quanto a isso, a minha preocupação é continuar fazendo aquilo que o povo precisa, fazer com que o trabalho não pare porque  a nossa cidade precisa avançar”, disse.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »