23/11/2017 às 16h02min - Atualizada em 23/11/2017 às 16h02min

Robinho é condenado a nove anos de prisão por estupro coletivo

O Dia Online
Foto: Reprodução
O atacante Robinho, hoje no Atlético-MG, foi condenado por um escândalo acontecido em 2013, na Itália, quando ainda defendia as cores do Milan. Segundo a denúncia de uma jovem, o jogador teria abusado sexualmente da mesma, junto com outros homens, após um jantar. A decisão foi tomada pela nona seção do tribunal de Milão. 

O relato da mulher, então com 22 anos, teria acontecido alguns meses depois do fato. Segundo o depoimento da jovem, que não teve a identidade revelada, Robinho teria participado de um estupro coletivo, ao lado de outros cinco homens, segundo a agência de notícias Ansa.

À época, o atacante gravou um vídeo onde ameaçava processar a imprensa por veicular informações mentirosas. Mas, nesta quinta-efira, um tribunal de Milão acabou por condená-lo a nove anos de prisão pelo ato.

A decisão foi feita em primeira instância e ainda permite recurso. O jogador ainda não se pronunciou sobre o fato.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »