19/11/2017 às 08h38min - Atualizada em 19/11/2017 às 08h38min

Sargento condenado por extorquir comerciantes é expulso dos quadros da PMPB

ReporterPB
Foto: Reprodução
A Polícia Militar expulsou da corporação um sargento condenado por receber propina, em 2015. O agora ex-militar Ronaldo Rodrigues de Melo foi considerado culpado por extorquir dois comerciantes. A exclusão do militar foi publicada em portaria no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (18).

Na decisão, o comandante-geral da PM, Euller Chaves, argumenta que o sargento “não congrega capacidade para permanecer integrando as fileiras da Polícia Militar do Estado da Paraíba, conforme ficou patente nos autos do Conselho de Disciplina a que o mesmo foi submetido, em razão de ter praticado, deliberadamente, condutas que afrontaram, de forma taxativa, a honra pessoal, o pundonor e a ética policial militar, assim como o decoro da classe”.

O crime aconteceu em junho de 2015, no Distrito Mecânico de João Pessoa. Rodrigues teria se passado por policial civil em um comércio de peças usadas de veículos e ameaçado prender os donos, acusando-os de vender peças roubadas. Depois das ameaças, ele teria exigido o pagamento de R$ 4 mil para não efetuar a prisão.

Outro militar também foi submetido a um processo administrativo disciplinar no mesmo caso. Foi ele quem denunciou Rodrigues, após ser flagrado, dias depois, pedindo mais dinheiro aos irmãos donos do comércio. Segundo o processo, os irmãos chegaram a pagar R$ 150 em dinheiro e R$ 3,3 mil em cheque aos dois PMs.

Rodrigues chegou a ser condenado, na esfera criminal, a 8 anos e 8 meses de prisão e pagamento de 40 dias de multa pelo crime de extorsão.
“Pelo que se constata, não há que se realizarem maiores esforços para entender que o sargento Rodrigues agiu de forma premeditada e intencional no cometimento do crime, exteriorizando seu descabido interesse de agir fora da lei, mesmo tendo sob seus ombros a responsabilidade de zelar e proteger a sociedade contra o crime”, diz o comandante na portaria.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »