01/11/2017 às 16h37min - Atualizada em 01/11/2017 às 16h37min

Assistência Social, através do PETI, realiza palestras sobre o trabalho infantil no CRAS, em Bayeux

Codecom Bayeux
A Secretaria de Trabalho e Ação Social, por meio do Programa de Erradicação do trabalho Infantil- PETI, promoveu hoje, palestras sobre o trabalho infantil para usuários acompanhados pelo Programa de Atenção Integral à Família- PAIF, no Centro de Referência de Assistência Social - CRAS SESI.     

As palestras fazem parte do conjunto de ações estratégicas do programa- AEPETI e envolvem rodas de diálogo e amostras de vídeos, com o intuito de conscientizar a população sobre a importância de identificar e combater o trabalho infantil,  incentivando a participação de todos nesses esforços.      

 
Na ocasião estavam presentes crianças, adolescentes, pais e equipe multiprofissional do CRAS.  Após a palestra da tarde que foi ministrada por Irian Gomes, psicóloga e técnica de Referência do PETI em Bayeux, Licilânia Francisco de 14 anos, falou sobre a importância da proteção aos seus direitos: “Em vez de trabalhar, temos que brincar, estudar, fazer cursos” disse.    

Apesar de ser proibido pela Constituição Federam em seu artigo 7º, o trabalho infantil ainda é uma realidade que afronta a vida de diversas crianças e adolescentes no Brasil. Nos últimos 20 anos, obtivemos alguns avanços devido à adoção de políticas públicas voltadas ao seu enfrentamento, mas ainda temos muito a avançar.

O trabalho na infância é prejudicial ao desenvolvimento, atrapalha a frequência e o rendimento escolar, submete as crianças ao risco, à exploração sexual e à diversas outras formas de violação de direitos. Além disso, incentiva a reprodução das desigualdades ao negar as possibilidades de escolarização e desenvolvimento dessas crianças que na maior parte dos casos,  vivenciam situação de vulnerabilidade social.       

Qualquer cidadão pode denunciar o trabalho infantil através do disk 100 ou 123.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »