14/08/2017 às 10h02min - Atualizada em 14/08/2017 às 10h02min

Protesto de caminhoneiros fecha a BR-101 Sul nos dois sentidos em João Pessoa

ParlamentoPB
Foto: Reprodução/Whatsapp
Motoristas de caminhão fecharam um trecho da BR-101 na saída de João Pessoa para Recife, desde às 6h da manhã desta segunda-feira (14), próximo ao Conde. O protesto é organizado pelo Movimento União do Caminhoneiros juntamente com o Sindicato dos Motoristas. A previsão é que o bloqueio aconteça até às 17h.
 
A interdição aconteceu nos dois sentidos e pneus e faixas foram colocadas no local para impedir a passagem dos veículos. Por volta das 7h os manifestantes começaram a liberar a passagem de veículos pequenos, motos e ônibus. Já os caminhões são obrigados a parar.
 
Como apenas uma faixa está liberada, já que a outra está ocupada pelos caminhoneiros, o trânsito segue lento no local. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local, onde negociou com os manifestantes a liberação de um lado da via e auxiliando os  motoristas, desviando o fluxo de veículos pelas vias laterais.
 
Segundo o representante da União dos Caminhoneiros, Alberto Bahia, o protesto pede a revogação do decreto assinado pelo presidente Michel Temer que aumentou o preço dos combustíveis, a aprovação da proposta que cria o piso mínimo do frete e aposentadoria especial para a categoria. Eles também protestam contra o corte nas verbas destinadas à Polícia Rodoviária Federal (PRF), cujo trabalho dá aos caminhoneiros um pouco mais de segurança nas rodovias.
 
"Estamos trabalhando numa limitação muito grande. O valor do frete está praticamente impraticável. Não estamos conseguindo mais manter os nossos caminhões da forma que estamos trabalhando", disse Alberto.
 
Entre os problemas enfrentados pela categoria ele citou a depreciação dos caminhões, o custo auto da manutenção e o elevado preço dos combustíveis.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »