02/07/2022 às 07h51min - Atualizada em 02/07/2022 às 07h51min

Mulher é presa acusada de estuprar o próprio sobrinho de 7 anos

Em Tempo
Foto: Reprodução
Uma mulher de 32 anos foi presa, nesta sexta-feira (1°), suspeita de abusar sexualmente do sobrinho de apenas 7 anos. A prisão aconteceu na Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, durante a terceira fase da operação “Acalento”, que resultou em outras quatro prisões pelo crime de estupro de vulnerável.

As prisões foram feitas em Manaus e no município de Manacapuru (distante 68 quilômetros em linha reta de Manaus).

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), todos os alvos da operação são referentes a crimes ocorridos dentro do lar. A operação é de âmbito nacional e foi exitosa, segundo ela.

“Os crimes foram realizados por pessoas que deveriam proteger essas crianças. Foram três prisões em Manaus e duas em Manacapuru. Isso mostra a importância do trabalho da rede de proteção em encorajar essas vítimas a conseguir expressar o que está acontecendo e denunciar o caso”, explicou a delegada.


Palestra na escola

O menino de 7 anos descobriu que estava sendo abusado pela tia após uma palestra sobre educação sexual na escola. “Isso mostra que não são só homens que cometem esse tipo de crime. A criança assistiu uma palestra na escola e percebeu que estava sendo violentada sexualmente. Os abusos ocorriam quando a mulher ficava a sós com o menino na casa da avó”, informou a delegada.

Dentre os casos, há também um homem de 30 anos que estuprou a enteada de cinco anos, um homem de 54 anos preso por estuprar a própria filha de 12 anos e dois homens presos em Manacapuru por abusar das sobrinhas.

Os suspeitos irão responder por estupro de vulnerável e ficarão à disposição da Justiça na Central de Recebimento e Triagem (CRT) no quilômetro oito da rodovia federal BR-174 .

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »