30/06/2022 às 06h23min - Atualizada em 30/06/2022 às 06h23min

Acusado de matar radialista em Campina Grande, empresário é condenado a 19 anos de prisão

Joacir Oliveira Filho foi assassinado em maio (Foto: arquivo)
O empresário Roberto Correia Vicente do Monte foi condenado a 19 anos de prisão pelo assassinato do radialista Joacir Rocha de Oliveira Filho, em maio de 2019, dentro de um restaurante no Centro de Campina Grande. O julgamento aconteceu nessa quarta-feira (29) no 1ºTribunal do Júri da cidade. Com MaisPB

A sentença só foi proferida por volta das 3h30 dessa quinta-feira (30), após quase 17 horas de julgamento.

Câmeras de segurança mostram Roberto efetuando disparos na vítima e momentos após o crime, um policial auxiliou o empresário a deixar o local.

O radialista Joacir Oliveira Filho, 35 anos, foi assassinado com um tiro no peito em maio. O crime aconteceu dentro do Restaurante La Paloma, no centro de Campina Grande, Agreste do Estado.

Ele era filho do locutor esportivo Joacir de Oliveira, que faleceu em 2014 vítima de uma embolia pulmonar decorrente de um transplante de coração.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »