19/05/2022 às 07h40min - Atualizada em 19/05/2022 às 07h40min

Globo demite chefe de jornalismo citado em esquema de corrupção; confira

A TV Globo demitiu Tyndaro Menezes, chefe do núcleo de jornalismo investigativo da emissora no Rio de Janeiro, após uma investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). O jornalista foi citado em conversas suspeitas de empresários que atuavam em esquema de corrupção envolvendo verbas da Saúde. A demissão foi confirmada pela emissora carioca em contato com a reportagem do Terra.
Globo demite chefe de núcleo investigativo por negócios suspeitos

Globo demite chefe de núcleo investigativo por negócios suspeitos


No decorrer das investigações foi encontrada uma citação ao jornalista em e-mails do delegado Ângelo Ribeiro de Almeida Junior, afastado da Delegacia Fazendaria Fluminense por corrupção. Nos trechos encontrados pelo Gaeco, o ex-delegado menciona uma suposta divisão de valores com o jornalista. O destinatário do e-mail seria um empresário do ramo de insumos hospitalares.

O MPRJ, em nome do Gaeco, confirmou a reportagem que a investigação sobre o caso será transferida, nos próximos dias, ao MPF, para investigação específica por, inicialmente, serem de atribuição federal.

A comunicação da Globo evitou dar mais detalhes sobre o caso em razão da política de compliance da empresa.

"O profissional citado não está mais na empresa. A Globo não comenta questões relacionadas a Compliance. Reitera que tem um Código de Ética, que deve ser seguido por todos os colaboradores, e uma ouvidoria pronta para receber quaisquer relatos de violação. Todo relato é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento e as medidas necessárias são adotadas", se posicionou a empresa em nota.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »