27/01/2022 às 06h50min - Atualizada em 27/01/2022 às 06h50min

Turista é expulsa de ponto turístico após ser flagrada tomando banho nua; veja

Veneza, na Itália Imagem: Getty Images
Uma turista foi expulsa de Veneza na sexta-feira (21) depois de ter sido flagrada posando para fotos de topless em um memorial da Segunda Guerra. Com Uol

A mulher de 30 anos, da República Tcheca, ainda foi pega nadando em uma lagoa com águas em temperaturas congelantes ao lado de uma estátua de uma heroína assassinada da Resistência Italiana. Ela foi banida da cidade por 48 horas e multada em 450 euros, ou seja, cerca de R$ 2.760.

Segundo a emissora americana CNN, um cidadão local, Mario Nason, estava caminhando com o filho quando avistou a mulher e dois acompanhantes no monumento dedicado a mulheres que perderam a vida combatendo o fascismo, em frente a uma fonte próximo aos jardins da Biennale.

“Eu achei que ela fosse maluca por pensar que podia nadar ali em um dia gelado. Mas então a vi tentando sair da água escalando a estátua usando apenas a parte de baixo do biquíni. Ela subiu ali, depois mergulhou de volta na água, totalmente relaxada. O namorado dela e outra mulher ainda pularam a barreira e subiram no monumento para tirar melhores fotos dela. Eles ficaram ali ao lado das roupas dela, como se estivessem na praia”, contou Mario à CNN.

A mulher não identificada foi detida pela polícia e multada por comportamento antissocial, que inclui a expulsão da cidade por dois dias. “Foi incrível porque eles estavam perguntando: ‘Como isso pode ser um problema?’. Eles não tinham a menor ideia do que estavam fazendo”, relatou ainda o cidadão veneziano à emissora.

Um porta-voz da polícia local informou à CNN que a mulher estava deitada no monumento, imitando a estátua da heroína morta para a foto. “Ela queria a estátua na foto. Eu imagino que ela tenha se desculpado”, disse ainda o oficial.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »