24/01/2022 às 19h34min - Atualizada em 24/01/2022 às 19h34min

Condutor é arremessado de balsa após agressão por uso de máscara; vídeo

Metrópoles
O condutor de balsas Paulo Henrique, que trabalha fazendo a travessia de moradores da Barra da Tijuca pelo Canal de Marapendi, foi agredido e arremessado na água após pedir que um passageiro colocasse a máscara de proteção facial, obrigatória para todos os usuários do serviço.

Vídeo publicado em redes sociais mostra o momento em que o condutor nada em direção a um dos píeres para conseguir sair da água, imprópria para o banho. Em um vídeo, Paulo Henrique relata que, ao advertir o passageiro de que só poderia seguir na balsa de máscara, o homem se irritou e o jogou para fora do barco.
“Ele veio para perto de mim e mostrei os comunicados que me obrigam a exigir a máscara. Sou empregado aqui, cumpro ordens. Do nada, me deu um empurrão. Me segurei para tentar me reerguer, ele me pegou pelas pernas e me jogou dentro d’água”, disse Paulo.

Imagens também mostram o momento em que o passageiro acusado da agressão chegou a assumir o leme e a manobrar a balsa enquanto o barqueiro nadava para a margem. O barqueiro teve ferimentos no braço, na perna e foi atendido no Hospital Municipal Lourenço Jorge.

O agressor, que seria morador do condomínio Mediterrâneo Flat, já foi identificado por lideranças comunitárias da região, que também manifestaram apoio ao barqueiro, classificado como profissional que “trabalha há muito tempo no condomínio e é extremamente educado e respeitoso com os moradores”.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »