20/07/2021 às 10h54min - Atualizada em 20/07/2021 às 10h54min

VÍDEO FORTE: Criminosos fuzilam carro com PM dentro com mais de 60 tiros; polícia acredita em ação do tráfico

Metrópoles
Marca de tiro em um dos vidros do carro onde o PM estava quando foi morto Foto: Reprodução
Um policial militar morreu após trocar tiros com suspeitos na madrugada desta segunda-feira (19/7) na Rua Honório Pimentel, altura do número 354, na Vila da Penha, zona norte do Rio de Janeiro.

O agente foi identificado como o segundo sargento Rodrigo Mendonça de Andrade, 44 anos.

O Jornal Extra informou que o policial foi atacado e tentou revidar, mas acabou atingido por uma bala e morreu. Foram disparados mais de 60 tiros pelos criminosos contra o veículo.

Assustadas, testemunhas ouviram gritos com os dizeres “Vai morrer, vai morrer!”.

No carro do policial, os agentes encontraram um carregador de pistola e um celular. A arma dele não foi localizada.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do sargento Rodrigo Mendonça de Andrade. Ele era lotado no 16º BPM (Olaria) e estava há 22 anos na corporação. Ele deixa uma filha.

A Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) realizou a perícia no local do crime e investiga o caso.

De acordo com a plataforma Fogo Cruzado, o sargento Rodrigo está entre os 45 agentes de segurança mortos na Região Metropolitana do Rio neste ano. Ao todo, 109 agentes foram baleados.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »