20/06/2021 às 15h42min - Atualizada em 20/06/2021 às 15h42min

‘Trisal gospel’: Pastora arruma novinha para ser a “segunda esposa” do seu marido pastor

OFuxicoGospel
A pastora Fernanda Asvolinsque, de 43 anos, que lidera com o seu esposo, o pastor Éden Asvolinsque, a Igreja Juventude de Cristo em Barra Mansa (RJ), se envolveu em uma polêmica bem inusitada.

Ela e o marido estão sendo alvos de muitas críticas desde que a pastora arrumou uma jovem para ser a segunda esposa do seu marido.

A justificativa da religiosa é que, em novembro de 2020, ela recebeu uma revelação de Deus, que será ‘colhida’ da terra em 2021, ou seja, vai morrer esse ano.

De posse dessa ‘promessa mortal’, a pastora já arrumou a sua substituta para se casar com o pastor, quando ela for para o plano espiritual. Fernanda afirma que está muito doente, mas diz que não quer ir ao médico, porque a vontade de Deus é de que ela morra esse ano.

As declarações da pastora geraram polêmica no meio evangélico, e muitos acreditam, inclusive, que tudo não passa de uma armação do casal que, supostamente, curte um relacionamento a três. Ou que até mesmo estão separados, mas não querem tornar público, para não perder os fiéis e seus dízimos.

Após muitas críticas e insinuações contra o casal de pastores, que agora é um trisal, a pastora Fernanda desabafou nos Stories do seu Instagram.

“Deus disse a mim desde novembro, que está me preparando, porque Ele vai me colher nesse ano. Eu tô com paz na minha alma, estou bem resolvida em relação a tudo isso… Agora era o momento de vocês blindarem o pastor, blindarem a minha casa, blindarem a minha família, blindarem a igreja… Eu ouvi, eu sei o que Deus falou pra mim”, disse a pastora.
Trisal gospel': pastora da Igreja Juventude arruma segunda esposa para  marido após revelação de Deus - VEJA FOTOS - Polêmica Paraíba - Polêmica  Paraíba

Trisal gospel': pastora da Igreja Juventude arruma segunda esposa para marido após revelação de Deus - VEJA FOTOS - Polêmica Paraíba - Polêmica Paraíba


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »