29/05/2017 às 21h06min - Atualizada em 29/05/2017 às 21h06min

Para Sindifisco, há mais codificados em outros órgãos do Estado

Os Guedes
O presidente do Sindifisco, Manoel Isidro, negou que tenha havido manipulação dos dados contidos na lista dos codificados. Ele lembrou que a lista diz respeito somente aos servidores da Saúde. “Há codificados ainda em outros órgãos administrativos do Estado”, enfatizou.

Secretários do governo do Estado acusaram o Sindifisco de ter manipulado os dados. A lista, segundo o Sindifisco, veio do Tribunal de Contas. “Não há esta acusação de manipulação dolosa para prejudicar, para fraudar. Não existe isso. Nós recebemos a informação e divulgamos”, esclareceu o presidente.

Em ofício ao Tribunal de Contas do Estado, o Sindifisco solicitou informações auditadas e detalhadas sobre a folha de pagamento de janeiro de 2013 a dezembro de 2016 na pasta da Secretaria de Saúde e demais órgãos estaduais, abrangendo os trabalhadores codificados, prestadores de serviço e comissionados não efetivos.

No documento, solicitou-se também que as informações “sejam fornecidas por meio de planilha contendo local de trabalho, CPF, nome, cargo, valor bruto, descontos e valor líquido.

Manoel Isidro acredita que com a CPI dos codificados, a Assembleia Legislativa terá a oportunidade de provocar um grande debate e trazer à tona mais informações sobre essa modalidade precária de contratação de servidores públicos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »