24/05/2017 às 19h39min - Atualizada em 24/05/2017 às 19h39min

Deputado paraibano aciona donos da JBS na justiça por crime contra a economia do País

Blog Helder Moura
Uma curiosidade tem marcado a tempestade que o País vem enfrentando, desde a delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS (Friboi), que fizeram um acordo com a Procuradoria-Geral da República e se livraram de penas na Justiça: o deputado paraibano André Amaral (PMDB) decidiu acionar os empresários por crime contra o sistema financeiro.

O fato foi noticiado pelo jornal O Estadão. Diz: “Está na mesa do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, notícia-crime contra Joesley e Wesley Batista apresentada pelo deputado do PMDB André Amaral (PB).

Na ação, o deputado diz que os Batistas cometeram crime ao ganhar dinheiro no mercado de câmbio e na venda de ações do grupo antes da desvalorização provocada pelo vazamento da delação.

A lei da delação diz que o acordo perde efeito se os colaboradores cometerem novo crime.”
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »