23/05/2017 às 04h11min - Atualizada em 23/05/2017 às 04h11min

Prefeito 'ressuscita' feriado de 1965 para homenagear ex-presidente morto antes de Bayeux se tornar cidade

Redação com PB Agora
Como se já não fossem suficientes os problemas atuais da cidade, o prefeito Berg Lima (Podemos) conseguiu uma proeza quase inimaginável: desagradar aliados e adversários de uma só vez.

Não bastassem os dois grandes feriadões nacionais seguidos vividos em todo país no último mês, a prefeitura municipal de Bayeux, 'inovou' e decretou mais um feriado, este por conta do município, para este dia 23 de maio.

A data é em memória ao aniversário do ex-presidente paraibano Epitácio Pessoa. A questão é que Epitácio morreu em 1942, 17 anos antes de Bayeux se tornar cidade. 

Muitos acreditam ser desnecessário um dia inteiro sem trabalho apenas pela memória do ex-presidente, cujas homenagens poderiam se dar de outras formas, sem a interferência no trabalho da máquina pública.

Bancos, comércio e serviços essenciais como o transporte gratuito de estudantes as faculdades de João Pessoa estarão suspensos nesta terça-feira por conta do novo feriado. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »