10/05/2017 às 08h41min - Atualizada em 10/05/2017 às 08h41min

Acidentes de motos representam mais de 70% do total de vítimas de trânsito atendidas no Ortotrauma

Secom - JP
O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma) atendeu 293 pacientes vítimas de acidentes de trânsito nos três primeiros meses do ano. Os atendimentos referentes às vítimas de acidentes com motocicletas representam 71,3% do total, com 209 ocorrências.
 
Como este mês é para conscientizar a população por um trânsito mais seguro e humanizado, nesta quarta-feira (10), às 8h, a unidade hospitalar participa das atividades programadas pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) dentro da 2ª Edição Municipal do Movimento Maio Amarelo.
 
Fabiana Araújo, diretora-geral do Complexo Hospitalar de Mangabeira, destacou a necessidade de haver mais prudência no trânsito por parte dos motoristas e motociclistas. "Uma grande parte das cirurgias é referente às vítimas de acidentes de trânsito. Não podemos deixar de frisar que o número de cirurgias só aumenta. No primeiro trimestre deste ano, aumentamos 30% sobre 2016, por exemplo. Isto exige toda uma preparação e orçamento por parte do poder público", afirma.
 
No primeiro trimestre do ano, ainda houve 74 atendimentos de vítimas de acidentes envolvendo outros veículos (25,3%) e 10 de atropelamentos (3,4%), no Complexo Hospitalar de Mangabeira. Apesar do alto índice, o que corresponde a uma média de 3,25 atendimentos por dia, houve uma redução de 36% em relação ao mesmo período de 2016, quando foram registrados 458 atendimentos de vítimas de acidentes de trânsito. No primeiro trimestre do ano passado, a representatividade das vítimas de acidentes com motocicletas foi de 67%.
 
A diretora-geral Fabiana Araújo afirma que os acidentes de moto causam diversos traumas, principalmente na mão, punho e antebraço. "No momento do acidente, a vítima tenta se apoiar com a mão para reduzir o trauma", conta ela. Estes tipos de trauma são os mais recorrentes entre os pacientes da unidade hospitalar, a qual é referência na cirurgia de urgência e emergência destes tipos de fratura.
 
Maio Amarelo – O Complexo Hospitalar de Mangabeira está participando da 2ª Edição Municipal do Movimento Maio Amarelo, uma ação nacional que tem como objetivo conscientizar a população por um trânsito mais seguro e humanizado, reduzindo os índices de acidentes. Nesta quarta-feira (10), às 8h, agentes da Semob-JP estarão na unidade hospitalar para visitar os leitos e conversar com os pacientes numa ação educativa.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »